Directo ao conteúdo
Ministério dos Negócios Estrangeiros da Finlândia

Embaixada da Finlândia, Lisboa: Info Finlândia: Cultura Finlandesa

EMBAIXADA DA FINLÂNDIA, Lisboa

Rua do Possolo 76-1°
1350-251 Lisboa, Portugal
Tel +351 21 393 30 40, Fax:+351 21 390 47 58
E-mail sanomat.lis@formin.fi
Português | Suomi | Svenska | facebook
Tamanho de letra_normalTamanho de letra_maior
 

Cultura Finlandesa

Helsinki FestivalHelsinki Festival

A paisagem dominante dos mil lagos e das florestas do "ouro verde", também deixaram a sua marca na cultura finlandesa. Os grandes nomes da música, arquitectura e pintura, encontraram a sua fonte de inspiração na natureza, por vezes triste e melancólica. A cultura finlandesa vive intensamente o seu meio ambiente, sendo que, é apreciado por todos e goza de apoio estatal, permitindo o seu desenvolvimento e sobrevivência numa era dedicada sobretudo às grandes tecnologias.

A cultura finlandesa apoia-se numa base emocional que, desde muito cedo, foi ligada à emancipação nacional, ganhando a sua força e voz através da literatura. Distinguiram-se vários escritores que, não só relataram a vida da sociedade nos seus livros, como também se esforçaram para desenvolver a educação do povo - em finlandês. A existência de uma língua própria reforçou a ideia do direito à existência de um povo unido, com as suas próprias fronteiras. J.V.Snellman e Aleksis Kivi, foram imortalizados nas páginas da história como uns dos muitos escritores e autores consagrados da literatura finlandesa, tal como o pai da epopeia nacional "Kalevala", Elias Lönnrot. Todos, e cada um à sua maneira, traçando o futuro das tradições literárias finlandesas.

A literatura inspirou outras áreas culturais, como a pintura e a música. Jean Sibelius, compôs um conjunto de música clássica, dedicado aos temas da epopeia nacional. Akseli Gallen-Kallela, utilizou a mesma fonte de inspiração nas suas pinturas. Até à independência da Finlândia, em 1917, a cultura tinha uma função essencialmente nacionalista. A partir de meados do século XX, a cultura finlandesa encontrou novas fontes de inspiração e novas formas de expressão. A arquitectura e o design começaram a destacar-se, não só no mercado nacional como também a nível internacional. O estilo intemporal e sóbrio de Alvar Aalto, continua a despertar atenção e interesse. As suas obras podem ser vistas em vários pontos do mundo, na forma de edifícios, prédios públicos e até mesmo em algumas casas particulares. O seu design continua a ser vendido - mesas, cadeiras e vasos, fazem parte da decoração em muitas casas finlandesas e estrangeiras.

A música foi uma das áreas mais recentes a desenvolver-se. No mundo da música clássica Jean Sibelius, ficou conhecido internacionalmente mas, na área da música popular ou ligeira, as referências ainda são escassas. Pode-se afirmar que o "despertar" da música popular finlandesa, relativamente às tendências internacionais, aconteceu mais tarde do que, por exemplo nos seus países vizinhos. Bandas como os HIM e Bomfunk MC´s e outros, têm vindo aos poucos a mudar essa mesma realidade.

A cultura finlandesa na sua essência é, uma mistura de influências de vários tipos de fontes de inspiração, sempre com a noção de uma forte presença da natureza. A cultura é sempre a alma e o "rosto" de um povo, e a Finlândia não é excepção à regra. Talvez um pouco tradicionalista e "nacionalista" na sua expressão, até um pouco desactualizada, mas sempre à procura da sua forma num mundo em constante mudança. As linhas que se seguem são dedicadas a fornecer uma ideia geral dos conceitos que caracterizam a cultura finlandesa e em que consiste afinal o “ser” finlandês.

Imprima esta página

actualizados 04-07-2012


© Embaixada da Finlândia, Lisboa | Informações sobre o serviço on-line | Contacto