Directo ao conteúdo
Ministério dos Negócios Estrangeiros da Finlândia

Embaixada da Finlândia, Lisboa: Info Finlândia: Literatura

EMBAIXADA DA FINLÂNDIA, Lisboa

Rua do Possolo 76-1°
1350-251 Lisboa, Portugal
Tel +351 21 393 30 40, Fax:+351 21 390 47 58
E-mail sanomat.lis@formin.fi
Português | Suomi | Svenska | facebook
Tamanho de letra_normalTamanho de letra_maior
 

Literatura Finlandesa

A literatura finlandesa tem uma raíz dupla, a partir da qual continua a desenhar a sua vitalidade. Uma parte alcança um passado distante em direcção à tradição popular oral finlandesa e às fontes de poesia anónima contidas no mundo da Kalevala. A outra parte segue a cultura da língua materna sueca, enraizada na tradição europeia, da qual continuou a fazer parte muito depois de a Finlândia, como resultado da guerra entre a Suécia e a Rússia, ter sido separada e constituída em  nestas duas ligações, ocidental e oriental, mais de século e meio de uma literatura finlandesa independente começou a procurar o seu lugar na cultura europeia. 

Além da emancipação nacional, existia a vontade de rapidamente fazer parte do mundo da literatura, entender Shakespeare e Dostoyevski, mas igualmente criar algo tão genial em finlandês e sueco. Na poesia de J.L.Runeberg cojugam-se o idealismo finlandês, exprimido em sueco, juntamente com a tradição europeia da poesia da altura, tanto nos sentimentos individuais como na visão histórica de Vänrikki Stoolin Tarinat (1848-1860). A Kalevala, sobre a herança cultural dos finlandeses, enquanto Aleksis Kivi continuava a moldar a identidade nacional com a sua criatividade independente. Zachris Topelius era o mestre do romance histórico no espírito de Walter Scott, especialmente no seu Välskärin Kertomuksia, prosa escrita em sueco e imediatamente traduzida para finlandês.

Hoje em dia as novas tecnologias dos media electrónicos representam uma ameaça para a literatura impressa. Apesar disso, os finlandeses continuam no topo da lista dos que mais lêem. Num ano médio na Finlândia, publicam-se mais livros do que em qualquer outro país. A maioria dos escritores finlandeses utilizam a língua finlandesa, alguns em sueco e uma pequena proporção em sámi (língua falada na Lapónia). Os escritores finlandeses enfrentam uma dificuldade considerável na barreira linguística, existindo apenas cerca de 5 milhões de falantes da língua.

Bibliotecas públicas finlandesas, pioneiras da nova sociedade de informação

A biblioteca pública é o serviço cultural mais utilizado na Finlândia. Internacionalmente, o sistema das bibliotecas públicas na Finlândia é considerado muito avançado e um dos melhores do mundo. Ler mais.

Kalevala — a epopeia nacional da Finlândia.

KalevalaA primeira edição do Kalevala foi publicada em 1835. A obra nasceu como resultado do trabalho realizado por Elias Lönnrot, sendo composta pelos poemas populares que ele recolheu. Ler mais.

A Literatura contemporânea finlandesa – uma riqueza de vozes

Bertolt Brecht escreveu que os finlandeses conseguem calar-se em duas línguas. Talvez assim seja, mas escrevem em três – finlandês, sueco e saami – e o número total de títulos publicados anualmente é tremenda. O país assiste anualmente à publicação de cerca de 13,000-14,000 livros, dos quais mais de 4,500 são primeiras obras. Apenas a Islândia regista uma publicação de mais livros per capita.Ler mais (artigo de thisisFINLAND em inglês)

Tradução da epopeia Kalevala para a língua portuguesa. Ler mais.

Mikael Agricola (1510-1557)

O pai da civilização finlandesa e do reformismo religioso. Agricola era um escritor activo, a primeira obra foi o abecedário finlandês ABC-kiria, públicada em 1543. Ler mais.

Johan Ludvig Runeberg (5.2.1804-6.5.1877)

Poeta e escritor nacional finlandês, cujos textos combinavam elementos de poesia da antiguidade, de romantismo e realismo. Ler mais.

Aleksis Kivi (10.10.1834-31.12.1872)

Considerado pioneiro do romance e drama em finlandês e o primeiro escritor importante de lingua materna finlandês. Ler mais.

A relação entre Portugal e Finlândia no tocante a literatura.

É muito interessante fazer uma comparação, em relação aos livros publicados e as suas origens e a literatura traduzida em relação á literatura nacional. Ler mais.

Ligações

 

Imprima esta página

actualizados 10-10-2011


© Embaixada da Finlândia, Lisboa | Informações sobre o serviço on-line | Contacto