Directo ao conteúdo
Ministério dos Negócios Estrangeiros da Finlândia

Tradução da epopeia Kalevala para a língua portuguesa - Embaixada da Finlândia, Lisboa : Info Finlândia : Literatura

EMBAIXADA DA FINLÂNDIA, Lisboa

Rua do Possolo 76-1°
1350-251 Lisboa, Portugal
Tel +351 21 393 30 40, Fax:+351 21 390 47 58
E-mail sanomat.lis@formin.fi
Português | Suomi | Svenska | facebook
Tamanho de letra_normalTamanho de letra_maior
 

Tradução da epopeia Kalevala para a língua portuguesa

O projecto de traduzir a obra da lingua original para a língua portuguesa começou em 2002. Na sequência das conversações e dos preparativos iniciais, o projecto foi oficializado durante a visita do Presidente Jorge Sampaio à Finlândia em Outubro de 2002. A tradução conta com a participação do Centro de Divulgação da Literatura Finlandesa, do Instituto Ibero-Americano da Finlândia e da Embaixada da Finlândia em Lisboa. Traduzir o Kalevala para português serviu também como inspiração para avançar com o projecto de tradução d'Os Lusíadas para a língua finlandesa, uma iniciativa que foi bem recebida pelo Instituto Camões. A tradução das epopeias nacionais portuguesa e finlandesa foi considerada como uma parte significativa do intercâmbio cultural entre os dois países durante os próximos anos. 

Para além dos apoios, outra questão de ordem prática foi a de encontrar os profissionais de tradução aptos para concretizarem tal tarefa. No Departamento de Letras da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve trabalha uma professora finlandesa, Merja de Mattos-Parreira e dois colegas seus, Ana Isabel Soares e José Joaquim Dias Marques, a quem foi entregue a tarefa de traduzir a epopeia. Este grupo de trabalho já anteriormente colaborou em traduções da literatura finlandesa para português, de autores como Rosa Liksom, poetas contemporâneos tal como Pentti Holappa, entre outros. 

Na Primavera de 2003, a convite do Centro de Divulgação da Literatura Finlandesa, a equipa de tradução deslocou-se à região da Karelia, de onde Elias Lönnrot recolheu o material para compilar a epopeia nacional finlandesa. Lönnrot tinha já tido um papel central na tese de Doutoramento de José Joaquim Dias Marques sobre a tradição oral e poesia popular. Durante a viagem, a equipa contactou com aquele que é o último cantor vivo, na Carélia finlandesa, dos poemas que serviram de base à epopeia. Na cidade de Kuhmo visitaram o Centro de Pesquisa Juminkeko, cujo principal objectivo é o estudo e a divulgação da tradição oral finlandesa. Além disso, puderam tomar contacto com as diversas edições e traduções da obra, depositadas na Biblioteca da Universidade de Helsínquia, assim como trocar impressões com tradutores e especialistas da Kalevala. 

A tradução começou concretamente no Verão de 2003, quando os deveres profissionais de cada um dos tradutores lhes permitiram uma maior dedicação ao trabalho de traduzir a epopeia. O projecto vai ser certamente moroso, e chegará a ser por vezes exaustivo, dado que a linguagem não é sempre de fácil compreensão e a língua original se distanciar frequentemente do finlandês contemporâneo. O Centro de Divulgação da Literatura Finlandesa, consciente do grau de dificuldade e  exigência da obra, ofereceu à equipa de trabalho os melhores dicionários etimológicos, glossários do Kalevala, assim como vasta crítica literária. 

A obra ainda se encontra por acabar. A equipa de tradução já encontrou a casa editora que publicará a tradução, faltando neste momento uma decisão final da editora, se quer lançar o Kalevala ou não.

(Texto traduzido a partir de entrevista de Merja de Mattos-Parreira, Novembro 2003.) 

Imprima esta página

actualizados 10-10-2011


© Embaixada da Finlândia, Lisboa | Informações sobre o serviço on-line | Contacto