Directo ao conteúdo
Ministério dos Negócios Estrangeiros da Finlândia

O "Fruto Proibido", na chuva de prémios - Embaixada da Finlândia, Lisboa : Actualidades

EMBAIXADA DA FINLÂNDIA, Lisboa

Rua do Possolo 76-1°
1350-251 Lisboa, Portugal
Tel +351 21 393 30 40, Fax:+351 21 390 47 58
E-mail sanomat.lis@formin.fi
Português | Suomi | Svenska | facebook
Tamanho de letra_normalTamanho de letra_maior
 
Notícias, 14-09-2009

O "Fruto Proibido", na chuva de prémios

Os filmes do realizador finlandês, Dome Karukoski, "Forbidden Fruit", (Fruto Proibido) e "The House of Dark Butterflies", receberam uma chuva de prémios no festival de cinema internacional Festroia, na cerimónia de entrega de prémios, no passado Sábado dia 12 de Setembro. Os filmes triunfaram em quatro categorias do festival.

Realizador Dome Karukoski. Fotografía: Manuel Soares/FestroiaO filme "Forbidden Fruit", que conta a história de duas jovens membros de uma vertente ultra conservadora do luteranismo, que decidem observar a vida em Helsínquia, ganhou o prémio de Golfinho Dourado, de melhor filme e recebeu o reconhecimento do júri CICAE, de melhor filme artístico do festival. Através do prémio, a organização CICAE vai apoiar a distribuição do filme no mercado art-house da Europa. A actriz principal do filme, Amanda Pilke, recebeu o prémio de Golfinho prateado, de melhor actriz principal. "The House of Dark Butterflies", (A Casa das Borboletas Negras), que relata a dura realidade de uma casa de correcção masculina numa ilha, ganhou o segundo prémio na categoria de "Homem e a Natureza".

É já muito excepcional que dois filmes do mesmo realizador concorram às categorias de competição e ainda mais excepcional é que os dois filmes sejam premiados. A directora do festival, Fernanda Silva, acha que foi um feito admirável: "O Dome, (Karukoski), será a partir de agora um eterno amigo do festival". A directora confessou que quando fez a selecção dos dois filmes para a competição, não fazia ideia que eram do mesmo realizador.

 

Silva_Karukoski_MadsenDirectora de Festroia, Fernanda Silva, realizador Dome Karukoski, actor Michael Madsen. Fotografía: Manuel Soares/Festroia

O presidente do júri de competição internacional, o galardoado realizador Checo Juraj Jakubisko justificou a escolha do "Forbidden Fruit", como o melhor filme da seguinte forma: "Narração cinematográfica controlada e, a muitos níveis, uma performance perfeita por parte de um realizador jovem. Um filme muito emotivo, que dá esperanças a uma nova vinda da cinematografia europeia." 

O festival organizado pela 25ª vez, tem trazido sucesso a muitos filmes e actores/actrizes finlandeses no seu passado. O cinema finlandês também fez história na edição de 2008, quando ambas as actrizes do filme "Black Ice", (Gelo Negro), Outi Mäenpää e Ria Kataja foram excepcionalmente premiadas com o prémio de melhor actriz principal.

Imprima esta página

Este documento

actualizados 14-09-2009


© Embaixada da Finlândia, Lisboa | Informações sobre o serviço on-line | Contacto